Título Insights Todas as Notícias

Notícias

Insights

Caminho de Navegação

Publicador de Conteúdos e Mídias

POR QUE TUDO ISTO?

Por Vera Primão*

Estou chegando agora em Brasília, há menos de 1 mês na Hepta e já fui convidada pelas minhas colegas para escrever algo sobre nós, bichos raros, "Mulheres Gerentes de Projetos".  Fiquei muito feliz pela receptividade que tive de toda a equipe, mas a empolgação das "meninas" da empresa foi diferenciada: finalmente teremos UMA gerente de projetos na equipe. 

Temo em lhes contar que esta realidade é geral! Não é uma prerrogativa da capital do nosso querido Brasil! 

Vamos pegar um país que investe e trabalha arduamente há décadas para promover a diversidade. Que tal a Inglaterra? A Association for Project Management (APM), tem há 25 anos uma conferência específica para mulheres Gerentes de Projetos, a Conference for Women in Project Management (WIPM); e este ano um retrocesso, identificado na pesquisa da FTSE 100 (The Financial Times Stock Exchange 100 Index) foi ponto principal das discussões: em 2016 o índice de mulheres em cargos de gestão retrocedeu para o percentual encontrado em 2011 que era de 24,6. 

Pesquisa realizada pela Mckinsey em 2013 aponta que 44% das posições no mercado de trabalho são mulheres, mas apenas 5% em Cargos Estratégicos e que mulheres recebem 30% a menos para os mesmos cargos.

Voltando para nossa casa, na última pesquisa de salários do PMI  foi levantado que no Brasil o salário médio para gerentes de projetos (homens) é de R$ 150.000,00/ano e para mulheres 140.000,00. Já pesquisa conduzida pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), em São Paulo, identificou que a presença feminina em altos cargos é de 8%; percentual que não sofreu qualquer alteração nos últimos 15 anos. Fonte: IBE FGV

Podemos discorrer horas sobre pesquisas, estudos e ações que tratam o tema, mas o que fazer para mudar esta realidade global? Tenho algumas ideias pessoais que talvez pudessem fazer a diferença: 

1. Que tal deixarmos nossos jovens escolherem o que querem ser sem estereotipar?

2. E se não dissermos para nossas crianças que meninas devem ser perfeitas e meninos destemidos? Pode ser que um menino queira ser perfeito e uma menina destemida!

3. Poderíamos buscar entender que existem diferenças cerebrais por gênero, existem cérebros ponte e que estas características não devem limitar ninguém e sim ser exploradas e complementadas.

4. Algumas outras ações também poderiam ajudar: horário flexível, ferramentas para trabalho a distância e carreiras alternativas.

5. Excelente seria também se nós mulheres entendêssemos que acordos precisam ser feitos – na empresa, na família e dentro de nós mesmas – para que possamos investir tempo e esforço nas nossas carreiras se assim o desejarmos.

6. Bem que as empresas poderiam entender que ter um board executivo formado com base na equidade de gênero pode aumentar em 47% a margem de lucro! (McKinsey 2013)

Consigo pensar em muitas outras, mas por que tudo isto? 
Por que a equidade faz bem para todos, homens, mulheres, crianças, empresas! Qualquer movimento que busque a justiça social traz felicidade quando alcança o sucesso e é disto que estamos falando e deveríamos perseguir.

E para os que vão usar o jargão “Você fala isto porque é mulher!”, lembro da fala de Michael Kimmel: "Igualdade de Gênero é boa para todos, incluindo os homens". 

Boa leitura!

* Vera Primão é gerente de projetos na Hepta. Profissional certificada há mais de 10 anos com experiência em diversos setores.
 

DocumentosDonwloadPortlet Portlet

X

-

Suas informações estão seguras com a gente. Ao enviar seus dados, você concorda com nossa Política de Privacidade.

Quer conversar com a gente e conhecer um pouco mais do nosso trabalho?

Suas informações estão seguras com a gente. Ao enviar seus dados, você concorda com nossa Política de Privacidade.

Publicador de Conteúdos e Mídias

Interação Homem-Máquina
Projeto de colaboradora da Hepta é selecionado em evento internacional
Campus Party Brasília 2018
Workshop Técnico-Comercial
Integração entre os times Hepta

Veja Todas as Notícias

Busca por tipo de mídia

Busca por tipo de mídia